sábado, 20 de março de 2010

O DAE PREOCUPA

A maior preocupação do governo Wainer, não é o pasto que toma conta das ruas da cidade,a retirada de restos mortais em catacumbas perpétuas,as ruas esburacadas na zona urbana,nem as estradas intransitáveis do interior do municipio.A maior preocupação do governo Wainer hoje é com o DAE- Departamento de Água e Esgoto.A situação financeira da autarquia é complicada, principalmente depois do "investimento" altissimo ocorrido em 2008 na área de informática.Na época prometia-se que a comunidade teria acesso inclusive as suas contas de água através do novo sistema.Nada disso aconteceu. Batista Conceição, que será candidato nas próximas eleições - não se sabe se a federal ou estadual, pois tudo depende do PSBeto- esta deixando o DAE e voltando para a Câmara. O nome do secretário Sérgio Aragon, do Desenvolvimento, number one, foi cotado, mas enfrenta resistências junto aos funcionários que inclusive pretendem falar com o Prefeito para que ele não seja o novo diretor.Neste sabado um grupo de diretores e funcionários do DAE estiveram visitando o DAEB, em Bagé,cidade administrada pelo petista Dudu Colombo e voltaram encantados com o modelo de gestão da autarquia bageense.Vale lembrar que o DAE, na gestão do ex-prefeito Luis Fernando Mainardi, foi administrado por uma santanense, Estefânia Damboriarena. Em Livramento os funcionários do DAE temem pelo futuro da autarquia. A canção da privatização vai voltar e não será nenhuma surpresa em um governo que conta com partidos aliados que defendem esta idéia.

Um comentário:

Funcionario do disse...

O fato é simples ao final da primeira gestão do Prefeito Wainer, com a saída do Ex-Diretor Marcirio o DAE acumulava um déficit de cerca de 700 mi, e agora com a saída do Batista o déficit chega a 2,2 milhões, ou seja a atual administração não teve competência para gerir a Autarquia, gastando desmediamente, assumindo uma obra que sabia que não tinha condições de cumprir, um sistema de informática caro para os nossos padrões e enificiente, para o Wainer pode ser uma idéia fácil privatizar, mais quem vai arcar com isso vai ser a sociedade santanense pois o custo dos serviços tendem a se ampliar. A de se dizer que as taxas do DAe em sua maioria são as mais baratas do país, e estão defazadas sim, mais a total imcopetência dos administradores, que são nomeados por critérios politicos sem a exigência técnica necessária para gerir uma empresa como o DAE.
E ainda uma empresa que apresenta dificuldades financeiras, não contrata mais funcionários, mais o contrário é a retóriaca assumiram mais 40 servidores, inocentemente é claro, e diga-se de passagem os contratados que lá estão que deveriam sair no momento que os concursados tomaram posse continuam lá, e sairam talvez com o Batista, sem falar o monte de estágiarios que tem lá, onde a maioria nada faz, a não ser conversar, tomar mate, e em alguns casos até relcionamentos com Diretores possuem para justificar sua permanencia. É uma vergonha, e os funcionários como vão ficar? mãe e pais de familia na iminência de ter seus salários atrasados, se formo privatizados os estáveis serão absorvidos pela prefeitura? São respostas que o Sr Prefeito deveria dar a populção, não acha Dag?

Funcionario Indignado!