domingo, 18 de outubro de 2009

COMPANHEIRA ZÉLIA!

Uma mulher, aguerrida, engajada na luta social sem medir esforços para que através da educação transformadora tivéssemos mais cidadania e por consequência uma sociedade mais justa . É desta forma, na condição de um ex-aluno saudoso de uma professora que muito marcou sua vida e de um militante político que com ela muito aprendeu , que defino a companheira Zélia , como sempre fez questão de ressaltar o ex-governador Olívio Dutra,com seu sotaque missioneiro, ao se referir a brava professora Zélia Maria Vargas. Brava na defesa dos seus princípios ideológicos, brava no combate as desigualdades sociais, brava na luta que travou contra o câncer, mas sensível no trato com os milhares de alunos que ajudou a formar, sempre os estimulando a leitura e com aqueles com os quais conviveu, seus amigos e familiares e até mesmo com aqueles que não comungavam da sua ideologia mas que a admiravam e respeitavam. A Zélia coordenadora regional de educação, a Zélia professora de Português e Literatura, a Zélia mãe da Juliana, do Ramires e do Camilo, a companheira do Santaninha, a Zélia militante social e política, cumpriu com a sua tarefa na vida terrena e deixa muitas saudades, mas acima de tudo muitas lições. Lições que servem para mudar vidas como a do incentivo a leitura como forma de conhecimento, visão de mundo e de uma escrita capaz de poder ser chamada de texto. Zélia defendia que era preciso ler no mínimo um livro por mês e passava isto para todos nós seus alunos. Muitas vezes ouvi este aconselhamento, quando seu aluno no curso de Redator, no Liberato. É justamente este aprendizado transformador que marcou a Zélia, pela suas atitudes e o sorriso fácil sempre estampado no rosto.Alguém que tinha a certeza de que estava contribuindo, fazendo a sua parte para melhorar o mundo.
Em campanhas políticas, nas vilas e bairros da cidade, militando ao lado da Zélia, sentia o carinho devotado a ela pelos seus alunos, ex-alunos e pais de alunos, enfim de todos os que dela se aproximavam, uma prova incontestável de que construiu com os seus ideais, uma trilha de admiração e respeito a sua trajetória. A dor da perda é intensa para toda esta gente, mas certamente a lembrança da sua forma de viver e daquilo que sempre ensinou e defendeu, serão mais fortes para que possamos suportar a sua ausência, ficando na memória a certeza de que é preciso continuar lutando e lendo muito, para poder entender o mundo e acima de tudo para renovar a esperança de que esta sociedade justa, a qual tanto a Zélia defendeu é possível sim, desde que exista o envolvimento e o comprometimento daqueles que como ela acreditam em um mundo mais humano e solidário. Esteja onde estiver a companheira Zélia certamente estará ao lado dos justos e combatendo as desigualdades sociais, conquistando a sua paz de espírito. Zélia Maria Vargas construiu a sua história e brilhará como uma estrela, estrela que sempre carregou no peito, para todo o sempre.

5 comentários:

marilia e mayara disse...

Obrigada Dag por esta justa homenagem a tia Zélia,e acrescento que ela era apaixonada pela profissão,largou um cargo na Receita Federal concursado para cursar a Faculdade de Letras na UFRGS,pois o sonho dela ensinar, coisa que fez de maneira apaixonada.
Anahi Santana

anasafan disse...

...te vás Alfonsina con tu soledad que poemas nuevos fuiste a buscar?Y una voz antígua de viento y de sal te requiebra el alma y la está y te vás, hacia allá como en sueños dormida Alfonsina, vestida de mar... Zélia cantava Mercedes como só ela sabia fazer acompanhada ao violão executado pelo seu companheiro, meu irmão Luiz Carlos. Saudades. Olga.

elifas disse...

DAG...BELO TEXTO, MERECIDO, ZELIA FOI UMA GRANDE PESSOA, MILITANDE, MAS ACIMA DE TUDO GENTE. CONVERSAR COM A ZELIA SEMPRE ME ENCHIA DE CONHECIMENTO E VONTADE DE CONTINUAR MILITANDO..ZELIA ESTA EM OUTRO PLANO, COM CERTEZA LUTANDO POR UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA E MAIS HUMANA...ELIFAS

vanesoares31 disse...

Dagberto!Conseguiste me emocionar muito com teu texto sobre a nossa COMPANHEIRA ZÉLIA.Sim...COMPANHEIRA com letras MAIÚSCULAS,pois é assim que sempre a senti:GRANDE!A teu exemplo,também posso dizer que com ela muito aprendi.E este aprendizado vou levar para sempre,assim como a saudade que com certeza será eterna!Obrigado!Vane Soares.

Odonto ufsc disse...

COMO DUELES EN LOS LABIOS
COMO DUELES EN TODOS LADOS
COMO DUELEN SUS CARICIAS
CUANDO YA SE HA IDO
COMO ME DUELE LA AUSENCIA
COMO EXTRANO SU COLOR DE VOZ
COMO FALTA SU PRESENCIA
EN MI HABITACION
COMO ME DUELE EL INVIERNO
COMO ME DUELE EL VERANO
COMO ME ENVENENA AL TIEMPO
CUANDO TU NO ESTAS
COMO DUELE ESTAR VIVIENDO
COMO DUELE ESTAR MURIENDO ASI
COMO ME DUELE HASTA EL ALMA
EN MI HABITACION
COMO DUELES EN LOS LABIOS
EN TODOS LADOS SOLEDAD
COMO DUELES EN LOS LABIOS
EN TODOS LADOS SOLEDAD
COMO ME DUELE NO VERTE
COMO DUELE EN MADRUGADA
COMO ME DUELE NO VERTE
COMO DUELE EN MADRUGADA

Minha mãe sempre estará entre nós, linda,querida e principalmente solidária. Compreensiva com as diferenças,que nos últimos dias de vida terrena,foi o que mais tentou me ensinar. SAUDADE,LEMBRANÇAS BOAS E CARINHOS INFINITOS! ju,irmãos e pai.